segunda-feira, 31 de dezembro de 2007

Cada dia mais um passo

Eu O amo porque Ele

Amou-me primeiramente.

O meu coração é dEle,

Ele o enche inteiramente.

Minhas mãos ao Seu serviço

Estão entregues, dedicadas.

E é o meu compromisso,

Agradá-lO na jornada.

Cada dia mais um passo,

Perto dEle vou chegando.

E Ele, tudo o que faço

Vai sempre abençoando.

Ele me conduz apenas

No Seu alvo Soberano.

E até as coisas bem pequenas

Fazem parte do Seu plano.

Muitas vezes Ele impede

De seguir certo caminho,

Mas tudo que me sucede,

Mesmo quando tem espinho,

Tem um direcionamento:

Que eu seja aperfeiçoado.

Sempre há ensinamento;

Sempre Ele está ao lado;

E as ações são aferidas

Não por serem majestosas,

O importante é uma vida,

Que em Deus se alegra e goza,

E que faz tudo tão somente

Para o Senhor e a Sua glória,

E sendo obediente

Vai fazendo a Sua história.

E haverá uma recompensa

Pro serviço aqui prestado,

E até um copo de água, pensa,

Há de ser galardoado.

Gilberto Celeti

Deuteronômio 14: 29 – “Para que o Senhor, o seu Deus, os abençoe em todo o trabalho das suas mãos”.

domingo, 30 de dezembro de 2007

Qual é a melhor idade para confiar em Jesus Cristo?

Qual é a melhor idade para confiar em Jesus Cristo?

Resposta: Quanto mais cedo, melhor.

Sessenta anos é uma boa idade. Quarenta é melhor. Vinte é ainda melhor. Quinze é melhor ainda. Mas é muito melhor confiar em Jesus Cristo com dez, oito ou seis anos!

Quase a vida inteira está à frente...

Quem evangeliza crianças, não esta apenas interessado em sua alma, mas em sua vida.

Quando uma criança confia em Jesus, ainda tem muitos anos, com a permissão de Deus, para viver para Ele.

Lionel Hunt, num livro publicado pela Moody Press, registrou uma pesquisa que demonstra de uma forma inequívoca, qual a melhor idade para a evangelização e a conversão:

1% = Antes dos 4 anos

85% = Dos 4 aos 14 anos

10% = Dos 14 aos 30 anos

4% = Após 30 anos

O fato é que as crianças são importantes para Deus. Elas têm uma alma imortal e uma vida inteira pela frente. Elas ouvem e atendem à mensagem do Evangelho mais prontamente do que qualquer outro grupo de pessoas.

D. L. Moody disse: “Eu creio que, se as crianças têm idade suficiente para vir à Escola Dominical, elas têm idade suficiente para vir ao Calvário. Vamos abrir nossas mentes e que Deus nos ajude a ganhar as crianças para Cristo”.

Senhor, o que queres que eu faça

Senhor, o que queres que eu faça

Quando estou bem disposto e contente?

Quando estou com fadiga e doente?

Senhor, o que queres que eu faça

Quando estou sendo elogiado?

Quando estou me sentindo irritado?

Senhor, o que queres que eu faça

Quando as portas são escancaradas?

Quando as portas se mostram fechadas?

Senhor, o que queres que eu faça

Quando há muita abundância e fartura?

Quando é a escassez que perdura?

O importante é em toda circunstância

Perguntar: Deus que queres que eu faça

E viver sempre da abundância

Dispensada por Ele em Sua graça.

Gilberto Celeti

Atos 9:6 – “Levanta-te, entre na cidade; alguém lhe dirá o que você deve fazer”.

sexta-feira, 28 de dezembro de 2007

Duas pessoas e meia salvas

Moody voltava de uma reunião evangelística quando alguém lhe perguntou:

- Foi boa a reunião?

- Sim - ele respondeu.

- Alguém foi salvo?

- Sim, disse Moody, duas pessoas e meia foram salvas.

Aquele homem sorriu com a resposta e observou:

- Sei o que você quer dizer: dois adultos e uma criança.

- Na verdade, não, respondeu Moody, foram duas crianças e um adulto.

O que exatamente Moody queria dizer?

Quantas almas foram salvas naquela noite? Três.

Quantas vidas foram salvas? Duas e meia.

As duas vidas salvas eram daquelas crianças que chegaram a Cristo quando crianças e possuíam a vida inteira para viver para Ele.

A meia-vida era a do adulto, que já tinha vivido a maior parte de sua vida no mundo, e tinha apenas a última parte de sua vida para dar a Jesus Cristo.

(Dwight L. Moody foi um famoso evangelista norte-americano).

Deus sábio que tudo sabes

Deus sábio que tudo sabes

Sobre tudo quanto existe,

Sobre tudo a meu respeito;

O que é realmente melhor

Que eu possa ser ou possa ter,

E tens nas mãos todo poder,

Para fazer acontecer,

O plano teu cheio de amor.

Com alegria vou lançar

Preocupações sobre o Senhor

Eu sei que esta a me cuidar

E encaro cada situação

Como um presente de tua mão

Em toda circunstância vou

Agradecer e te louvar

Não quero rebelar-me, não.

Gilberto Celeti

Dn 2:22 – “Ele revela o profundo e o escondido; conhece o que está em trevas, e com ele mora a luz”.

quinta-feira, 27 de dezembro de 2007

Para Jesus não havia lugar

Para Jesus não havia lugar

Naquele dia, naquela ocasião.

E, em toda história, sempre dizem não

Ao que é o Autor de toda a Criação.

O egoísmo sempre está a reinar.

O homem busca só satisfação

Naquilo que é vão e que é ilusão,

E o vazio corroi o seu coração.

Só pode haver transformação

Quando se muda o modo de pensar,

E em Cristo, então, se passa a confiar,

E na vida é dEle o primeiro lugar.

Jesus se torna, então no coração,

Tesouro que não dá para comparar

Com nada que este mundo possa dar;

E Ele, novo rumo vem mostrar.

A minha alma, eu sei, é um lugar

Que abriga afetos e também paixões...

E abriga força para realizações...

E abriga idéias e imaginações...

Sua parede pode dilatar

E abrigar tamanha imensidão...

Como também pode, em contração,

Diminuir, ficar menor que um anão...

Com toda força do meu coração,

A Jesus Cristo eu quero convidar

Para que em minha alma venha se hospedar,

E, muito mais, venha se instalar!

Sua presença traz a imensidão

De um andar só para lhe agradar...

E de cumprir Seu plano singular...

De ter uma vida cuja essência é amar!

Gilberto Celeti

Lucas 2:7 - "não havia lugar..."

A criança pequena

A criança pequena não tem preconceito,

nem teorias pré-concebidas,

nem uma abertura que não possa deixar de ter;

ela crê no que Jesus diz.

Spurgeon

quarta-feira, 26 de dezembro de 2007

Investir na criança

Dê-nos os primeiros sete anos de uma criança com a graça de Deus, e poderemos desafiar o mundo, a carne e o inimigo a arruinar aquela alma imortal.

Estes primeiros anos enquanto o barro ainda está mole e flexível são decisivos para a forma do vaso.

Não diga que seu trabalho, vocês que ensinam os jovens, está num nível inferior ao nosso, cujo trabalho principal é com pessoas mais velhas.

Não, vocês têm os primeiros anos deles, e suas impressões tenras durarão para sempre.

Que elas possam ser boas e somente boas.

Spurgeon

Seguir no caminho reto

Porque razão não há cuidado

Em fazer como Deus ordena?

Porque um viver despreocupado

De não agir como é o Seu lema?

Pra tudo sempre há modelo

Que é muito claro na escritura,

E o melhor é obedecê-lo.

Errar traz conseqüência dura.

Há um caminho bom e reto

Nenhum desvio está previsto

Na prática do que é correto

Vai quem, em tudo, segue a Cristo

Gilberto Celeti

Dt 5:32 – “Cuidareis em fazerdes como vos mandou o Senhor, vosso Deus; não vos desviareis, nem para a direita, nem para a esquerda”.

terça-feira, 25 de dezembro de 2007

Criança - solo fértil

Nenhum campo está melhor preparado para a boa semente do que aquele que ainda não foi pisado como a estrada nem coberto com espinhos.

A criança ainda não aprendeu os enganos do orgulho, a falsidade da ambição, as desilusões do mundanismo, os truques do comércio, os sofismas da filosofia; e isso é uma vantagem muito grande sobre os adultos.

Em cada caso, o novo nascimento é obra do Espírito Santo, e Ele pode agir facilmente tanto nos jovens quanto nos mais velhos.

Spurgeon

Depois da morte, o juízo

Aos homens um decreto está mantido

Morrer uma só vez é o que lhes cabe

E após a morte fica garantido

Que diante do Senhor, que tudo sabe,

Terão que enfrentar o julgamento;

Não há para esta lei nenhum escape

Mui duro há de ser este momento.

A reencarnação é um disparate...

A aniquilação é uma mentira...

O purgatório é algo que não existe...

Apenas o juízo está em mira,

Que certamente há de condenar

A quem não quis em Cristo confiar.

Para os que estão em Cristo – salvação!

Mas para os que não crêem, condenação.

Gilberto Celeti

“... aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo depois disto, o juízo” - Hebreus 9:27

segunda-feira, 24 de dezembro de 2007

A capacidade de crer das crianças

A capacidade de crer reside mais nas crianças do que no homem.

Tornamo-nos menos e não mais capazes de exercer fé.

Cada ano leva a mente não-regenerada mais longe de Deus, tornando-a menos capaz de receber as coisas de Deus.

Spurgeon

UMA NECESIDADE

U m fato tem que ser considerado,

M oisés ao proclamar os mandamentos

A pós o sacrifício efetuado

N os deixa uma lição e ensinamento:

E m todo tabernáculo sagrado,

C om sangue tudo era aspergido

E desta forma então purificado!

S ó que Jesus ,na cruz, ao ter morrido,

S obre si mesmo aniquilou o pecado;

I ncomparável feito, garantindo

D ivina e eterna redenção

A os que O aguardam para a salvação.

D e novo, sim do céu Jesus vem vindo

E os que são seus serão manifestados.

Gilberto Celeti

“Era necessário, portanto, que as figuras das cousas que se acham nos céus se purificassem com tais sacrifícios, mas as próprias cousas celestiais, com sacrifícios a eles superiores. Porque Cristo não entrou em santuário feito por mãos, figura do verdadeiro, porém no mesmo céu, para comparecer, agora, por nós, diante de Deus; nem ainda para se oferecer a si mesmo muitas vezes, como o sumo sacerdote cada ano entra no Santo dos Santos com sangue alheio. Ora, neste caso, seria necessário que ele tivesse sofrido muitas vezes desde a fundação do mundo; agora, porém, ao se cumprirem os tempos, se manifestou uma vez por todas, para aniquilar, pelo sacrifício de si mesmo, o pecado. E, assim como aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo, depois disto, o juízo, assim também Cristo, tendo-se oferecido uma vez para sempre para tirar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o aguardam para a salvação”. - Hebreus 9:23-28

Ansiosa fica a alma

Ansiosa fica a alma

Quanto inquieta resistência

Oferece à vontade

Do Senhor que é soberana.

Só desfruta doce calma

Quando tem a consciência

Que toda realidade

Vem de Deus e dele emana.

Aceitar a cruz de Cristo

Em sua totalidade,

Sem hesitação, sem medo

Mesmo que haja sofrimento,

Traz um gozo nunca visto.

Jesus Cristo, na verdade

Transforma-se no segredo

E domina o pensamento.

E se diz com confiança:

Seja feita a vontade

Perfeita, agradável e boa

Do Senhor em minha vida.

Há certeza e esperança

De que tudo, na verdade

Que acontece não é à toa

Há uma bênção escondida!

Gilberto Celeti

Atos 21:14 – “Seja feita a vontade do Senhor”!

sábado, 22 de dezembro de 2007

Olhe bem, preste atenção

Olhe bem, preste atenção

Já chegou a ocasião

Do juízo do Senhor

Sobre a igreja. Que horror!

Se, é com dificuldade

Que o justo, na verdade

Consegue a salvação;

Qual será a situação

Do ímpio e pecador?

Que não dá nenhum valor

Sendo desobediente

E, ao Evangelho indiferente?

Gilberto Celeti

1 Pedro 4:17 a 19 – “Porque a ocasião de começar o juízo pela casa de Deus é chegada; ora, se primeiramente vem por nós, qual será o fim daqueles que não obedecem ao evangelho de Deus? E, se é com dificuldade que o justo é salvo, onde vai comparecer o ímpio, sim, o pecador? Por isso, também os que sofrem segundo a vontade de Deus encomendam a sua alma ao fiel Criador, na prática do bem”.

Sabemos que os bebês entram no reino

Sabemos que os bebês entram no reino, porque estamos convencidos de que todo aquele que morrer na infância está incluído na eleição da graça e participa na redenção realizada por nosso Senhor Jesus.

Independente do que alguns possam pensar, todo o espírito e tom da Palavra de Deus, assim como a natureza do próprio Deus, nos leva a crer que todos que deixam este mundo como bebês são salvos.

Uma vez salvos, como cremos que eles estão, os bebês devem ser salvos simplesmente de acordo com a vontade e o beneplácito de Deus, porque Ele os fez para Si mesmo.

Eles são levados para o reino do céu pela graça livre e soberana de Deus.

Como são salvos, então?

Pelas obras?

Não, porque nunca realizaram nenhuma.

Por sua inocência natural?

Não; porque se essa inocência fosse capaz de levá-los ao céu, também deveria ser suficiente para livrá-los da dor e da morte.

Eles morrem por causa da queda de Adão.

Os queridos bebês vivem novamente, entretanto, porque Jesus morreu e ressuscitou.

Eles morrem, por um pecado que não cometeram; mas também vivem eternamente por meio de uma justiça com a qual não contribuíram, a própria justiça de Jesus Cristo, que os redimiu.

Não sabemos muito acerca deste assunto, mas supomos que eles passem pela regeneração antes de entraram no céu.

O que é nascido da carne é carne, e para entrar no mundo espiritual precisa ser nascido do Espírito.

Mas independente do que for trabalhado neles, está claro que não entram no reino pela força do intelecto, da vontade ou do mérito, mas por causa de uma graça gratuita, que não tem nada a ver com qualquer coisa que tenham feito ou sentido.

Spurgeon

sexta-feira, 21 de dezembro de 2007

Em que as crianças são deficientes?

Em que as crianças são deficientes?

Falta-lhes capacidade para o arrependimento?

Certamente que não.

Eu não vi uma menina chorar copiosamente por ter feito algo errado?

A consciência frágil de um garotinho o deixou inexprimivelmente infeliz, ao alertar-lhe acerca de um erro.

Será que alguns de nós não lembramos das flechas afiadas de convicção que causavam uma dor profunda em nosso coração quando ainda éramos crianças?

Eu me lembro de uma vez, quando era criança, que não pude descansar por causa do pecado e busquei ao Senhor com uma angústia amarga.

As crianças podem se arrepender, à medida que Deus, o Espírito Santo, estiver operando nelas: não se trata de conjectura, porque nós mesmos somos testemunhas vivas.

Spurgeon

O mundo e o seu poder de atração

O mundo e o seu poder de atração

Invade e conquista o coração:

Os olhos com a cobiça aguçados...

A carne quer prazer desenfreado...

O ego que deseja ser notado...

E quem do mundo e do seu sistema

Torna-se amigo, vive num dilema:

Não pode ser amigo do Senhor!

Terá, então, com garra e destemor

Que a este mundo guerra decretar

Fazendo tudo para eliminar

Esta fascinação que o mundo exerce.

Sua vida tem que ter outro alicerce.

Aquele que liberto do pecado

Sendo por Deus então regenerado

Que sabe que de Deus um filho é

Pode vencer o mundo por sua fé!

Gilberto Celeti

1 João 5:4 – “O que é nascido de Deus vence o mundo; e está é a vitória que vence o mundo: a nossa fé”.

Veja também 1 João 2: 15 a 17

quinta-feira, 20 de dezembro de 2007

Carta de Final de ano

Gilberto e Eneida Celeti
Servindo ao Senhor junto à
APEC – Aliança Pró Evangelização das Crianças
Caixa Postal 20244 – São Paulo – SP – CEP 04035-990
E-mail Gilberto: gilceleti@gmail.com


São Paulo 17 de dezembro de 2007
Amigos queridos, estimados cooperadores,

Nesta última carta do ano testificamos da fidelidade e da bondade de Deus com sua provisão e proteção a cada dia e nas inúmeras viagens missionárias (o Gilberto ficou mais da metade do ano fora de casa), sendo 5 delas para o exterior (Em Moçambique foram três meses) e 10 para outros estados do Brasil.

É muito preciosa alegria de ver, em cada lugar, crianças recebendo a Cristo e pais e líderes sendo conscientizados da importância do ministério com as crianças.

Um grande alegria foi ver a entrada de 14 novos missionários africanos no ministério da APEC, 11 para Moçambique e 4 para Angola, como fruto do Instituto de Liderança realizada durante três meses em Moçambique.

"Ela fez o que pode" (Marcos 14:8).

"Portanto, enquanto temos oportunidade, façamos o bem a todos, especialmente aos da família da fé " (Gálatas 6:10).

Será que fiz o que pude?

Surge a oportunidade
De ser útil a todo instante,
E com atos de bondade
Fazer o que é relevante.
Para o pobre abrir o cofre,
Levantar o abatido;
Ser ouvido pra quem sofre.
Ser boca para o oprimido.
Boas Novas anunciando
Aos perdidos pecadores;
A todos edificando,
E nos lábios ter louvores.
Será que fiz o que pude?
E o fiz com diligência?
Com toda solicitude?
Sem nenhuma negligência?
Fazendo um balanço do ano como é que fica?
Sem dúvida, muito mais poderia ter sido feito, para a glória de Deus.
Que possamos fazer os ajustes necessários para viver em 2008 de uma forma mais plena e crescendo na graça e no conhecimento do Senhor e Salvador Jesus Cristo.
Esperamos também o seu apoio na tarefa da evangelização das crianças.
Há muito ainda a ser feito e as suas orações e ofertas são fundamentais.
No ensejo deste mês de dezembro esperamos que lhe seja preciosa a recordação do Natal.
Lembremos da profecia de Isaías:
O povo que andava na escuridão viu uma forte luz; a luz brilhou sobre os que viviam nas trevas...Pois já nasceu uma criança, Deus nos mandou um menino que será o nosso rei. Ele será chamado de "Conselheiro", "Maravilhoso", "Deus Poderoso", "Pai Eterno", "Príncipe da Paz". No seu grande amor, o Senhor Todo-poderoso fará com que tudo isso aconteça . (Isaias 9:1-7).
O nome acima de todo nome é Jesus!
Vejo uma terra tão triste e aflita,
Que desprezível e na obscuridade,
Tem o seu povo andando em desdita,
Sendo escravos, na realidade.
Mas, eis que brilha uma luz gloriosa,
Trazendo a paz, o amor e a alegria.
Pois numa noite que foi majestosa,
Naquela terra o Menino nascia.
Seu nome é grande: o Maravilhoso,
O Conselheiro, o Príncipe da Paz,
Ele é o Deus forte, todo-poderoso;
O Pai Eterno o Ùnico que é capaz.
De transformar o caos e a anarquia,
De eliminar o mal e o pecado,
E na mais pura e plena harmonia
Fazer o homem reconciliado
Com Deus o Criador do Universo,
Ele que na escuridão é a luz.
E todo aquele que a Ele é converso,
Conhece e ama o Seu nome: Jesus!
Gilberto Celeti

PS: Outras poesias e artigos: www.gilbertoceleti.com
Fotos: http://picasaweb.google.com/gilceleti


Estamos muito contentes com a vinda da Queila no início de dezembro com planos de retornar para a Itália logo após o carnaval.
Ela está neste período cooperando na Sede da APEC no setor do Congresso.
Na foto, no início desta carta, da direita para a esquerda: Eneida, Débora, Gilberto e Queila.
O Filipe, a Débora e o Ricardo estão bem.

Todos nós desejamos as bênçãos do Senhor sobre a sua vida!

FELIZ NATAL E UM ABENÇOADO 2008


Gilberto e Eneida Celeti

Crianças precisam de conversão

Se você cede à idéia de que as suas crianças não precisam de conversão, de que as crianças nascidas em lares com pais evangélicos são de alguma forma superiores às outras e têm dentro de si o bem, e que precisam apenas se desenvolver, terá perdido a grande causa de sua devota seriedade.

Irmãos, creiam em mim, suas crianças precisam que o Espírito de Deus lhes dê um novo coração e um espírito reto, ou então se desviarão assim como as outras crianças.

Spurgeon

Eis que surge fogo ardente

Eis que surge fogo ardente

Que irrompe de repente

Como prova dolorosa.

Não deve ser estranhado

Pois eu sei que sou provado.

Nesta hora angustiosa

Sou um co-participante

Com Jesus no sofrimento;

Mas depois, mais adiante

Quando chegar o momento,

De ser Cristo exaltado

Serei bem-aventurado.

E ao saber desta verdade,

Alegria a alma invade;

Sigo como forasteiro.

Sim, escrevo uma história

Sempre unido ao Cordeiro

Cruz primeiro, depois gloria!

Gilberto Celeti

1 Pedro 4:12,13 – “ Amados, não estranheis o fogo ardente que surge no meio de vós, destinado a provar-vos, como se alguma coisa extraordinária vos tivesse acontecendo; pelo contrário, alegrai-vos na medida em que sois co-participantes dos sofrimentos de Cristo, para que também, na revelação de sua glória, vos alegres exultando”.

quarta-feira, 19 de dezembro de 2007

Angústia vem com a tribulação

Angústia vem com a tribulação

Porém ela não permanece não.

Se a perplexidade sobrevém,

E o abatimento vem também,

Desânimo não vai ficar mantido,

E não serei um homem destruído.

Tenho refúgio em Deus o Criador

Que em cada circunstância é Senhor,

E Sua palavra é fonte de prazer;

Anima e dá vontade de viver;

E, tendo da palavra, a inteligência,

Posso andar com toda paciência,

Fazendo escolhas na hora mais dura,

De forma a ter a minha alma pura.

Que bênção é a palavra conhecer

E ter no Seu Autor razão de ser!

Gilberto Celeti

Salmo 119:143 – “Sobre mim vieram tribulação e angústia; todavia os teus mandamentos são o meu prazer”.

Sua criança precisa de ensino

Sua criança precisa de ensino.

Ela nasceu em iniqüidade.

Em pecado sua mãe a concebeu.

Ela possui um coração mal.

Ela não conhece a Deus e nunca irá conhecer o Senhor, a menos que seja ensinada.

Você professa ser o instrumento dEle para jogar a semente no coração desta criança.

Lembre-se que, se esta semente não for semeada, ela estará perdida para sempre.

Sua vida será alienada de Deus.

Ao morrer sua punição será eterna.

Spurgeon

terça-feira, 18 de dezembro de 2007

A criança necessita de um Salvador

É preciso que você ensine a criança acerca de sua necessidade de um Salvador.

Você não deve negligenciar essa tarefa necessária...

Diga que ela precisa nascer de novo.

Esses meninos e meninas carecem do perdão por meio do precioso sangue, assim como todos nós...

Fale também acerca da punição do pecado e advirta-os de seu terror.

Seja gentil, mas verdadeiro.

Não esconda a verdade das crianças pecadoras, por mais terrível que ela possa ser.

Agora que chegaram a uma idade de responsabilidade, se não crerem em Cristo, ser-lhes-á penoso no último grande dia.

Spurgeon

Como peregrino, segue avante

No mundo foi Jesus manifestado.

Por Deus, o Pai, é que foi enviado,

E aqui no mundo Cristo revelou

O grande amor de Deus e o comprovou,

Deixando-se, na cruz, sacrificar,

Pra que pudesse assim desarraigar,

Do mundo iníquo, mau e tão hostil

O homem escravo do pecado vil.

Está no mundo ainda, ele bem sabe,

Mas, ser do mundo, isto não lhe cabe.

Está santificado na verdade

Com todos que professam ter Jesus,

Que foram, assim, trazidos para a luz,

Que mais e mais desejam conhecê-lo,

Amá-lo, desfrutá-lo e também vê-lo.

Por este Jesus fez uma oração,

Pedindo ao Pai que não o tire não

Do mundo que no Maligno jaz,

Mas livre-o do poder de Satanás.

O ódio pelo mundo demonstrado,

Não deixa o cristão ser abalado.

Ele é um Embaixador itinerante,

E como Peregrino, segue avante.

Gilberto Celeti

João capítulo 17

segunda-feira, 17 de dezembro de 2007

Cada dia conquistando

Quando serei finalmente

Tudo que Deus tem em mente

Que de fato Ele deseja

Que eu venha a ser e seja?

Pensar o Seu pensamento

Ter em mim Seu sentimento

No meu falar, no meu agir

Ter Seu amor a presidir?

Este prêmio se conquista

Como faz um alpinista;

Não existe estrada curta

Para a glória absoluta.

Sempre em frente trabalhando

Cada dia conquistando

Pois o prêmio almejado

É ser como o Cristo amado.

Da madrugada ao entardecer

Em Cristo só permanecer

A Sua graça satisfaz

Ele concede força e paz!

Gilberto Celeti

Filipenses 3:12 – “Não que eu já tenha obtido tudo isso ou tenha sido aperfeiçoado, mas prossigo para alcançá-lo, pois para isso também fui alcançado por Cristo Jesus”.

“Não estou querendo dizer que já consegui tudo o que quero ou que já fiquei perfeito, mas continuo a correr para conquistar o prêmio, pois para isso já fui conquistado por Cristo Jesus”.