segunda-feira, 13 de agosto de 2007

10 MANDAMENTOS

OS DEZ MANDAMENTOS DOS PAIS


1º. Receber os filhos com alegria

  • Os filhos deve ser recebidos e concebidos como bênçãos, não como um peso ou problema. Eles realmente não pediram para nascer e não tem culpa pelos problemas dos pais.

  • “Eis que os filhos são herança do Senhor, e o fruto do ventre o seu galardão” (Salmo 127:3).


2º. Prover as necessidades de seus filhos

  • É dever dos pais satisfazer as necessidades físicas, emocionais, intelectuais e espirituais de seus filhos.

  • “E qual o pai dentre vós que, se o filho lhe pedir pão, lhe dará uma pedra? Ou, também, se lhe pedir peixe, lhe dará por peixe uma serpente?” (Lucas 11:11)


3º. Não provocar ira aos filhos

  • Irritamos os filhos quando: Não respeitamos o que lhes é de direito, gritamos com eles chamamos a atenção na frente dos outros, proibimos sem razão ou explicação, espancamos e usamos de injustiça.


  • “E vós, pais, não provoqueis á ira a vossos filhos, mas criai-os na disciplina e admoestação do Senhor” (Efésios 6:4).


4º. Ensinar as coisas certas

  • Como por exemplo: honestidade, verdade, bondade, justiça, respeito, certo e errado, etc.

  • “Ensina a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele” (Provérbios 22:6).


5º. Conversar com os filhos

  • Seu filho só irá ouvi-lo se você conversar com ele. Ele só vai aprender se você ensinar. Ele só vai entender, se você explicar.

  • “Filho meu, ouve a instrução de teu pai, e não deixes o ensinamento de tua mãe” (Provérbios 1:8).


6º. Ensinar a Palavra de Deus

  • É preciso que os pais saibam discernir a hora certa para aplicar a Palavra de Deus aos seus filhos e aproveitar os momentos, as oportunidades e os acontecimentos do dia para ensinar e viver a Palavra.

  • “Ouve, Israel (Deuteronômio 6:4-7)


7º. Exercer autoridade

  • Há uma hierarquia na família. Pai é pai, mãe é mãe e filho é filho. A palavra dos pais precisa ser ouvida, respeitada e obedecida

  • (1 Tessalonicenses 2:11-12).


8º. Colocar limites

  • Sim, sim! Não, não! Disciplinar exige autocontrole, justiça, amor e objetividade.

  • “Castiga..... (Provérbios 29:17)


9º. Utilizar palavras de apreciação sinceras

  • Só exigências e críticas o tempo todo desanima. Há necessidade de dirigir ás crianças palavras de apreciação e de aprovação.

  • “..................... (Mateus 3:17)


10º. Deixá-las ir

  • Chega um momento na vida dos pais que tudo o que eles podem fazer pelos filhos é orar por eles e acreditar naquilo que lhes ensinaram. Os filhos são herança que Deus confia aos pais. O papel dos pais é criá-los e deixá-los ir.

  • “Certo homem..... (Lucas 15:11-13).

Nenhum comentário: