segunda-feira, 29 de outubro de 2007

O EVANGELHO QUE A CRIANÇA PRECISA

1. O Significado da palavra “Evangelho”

Na língua grega, mais antiga, significava “recompensa por trazer boas novas”. Num aspecto mais técnico, significava “boas novas de vitória”. Quando o imperador fazia suas proclamações, eram chamadas proclamações de boas novas, que davam vida e salvação ao povo.
Na linguagem do Novo Testamento, trata-se das boas novas do reino de Deus, da mensagem de Deus aos homens, do perdão dos pecados e da esperança. A boa notícia que “Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 3:16).
O texto clássico, que resume todo o conteúdo do evangelho é 1 Coríntios 15:3 e 4: “Antes de tudo, vos entreguei o que também recebi: que Cristo morreu pelos nossos pecados, segundo as Escrituras, e que foi sepultado e ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras”.
Não é nada mais nem nada menos do que contar a história de Jesus Cristo. As crianças precisam ouvir esta maravilhosa história, este evangelho, estas boas novas de vitória alcançadas por Jesus Cristo, o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo.

2. O Conteúdo do Evangelho

Todo aquele que comunica o evangelho, deve estar bem consciente do seu conteúdo. Paulo fala do perigo do evangelho ser adulterado e corrompido: “Mas receio que, assim como a serpente enganou a Eva com a sua astúcia, assim também seja corrompida a vossa mente e se aparte da simplicidade e pureza devidas a Cristo. Se na verdade, vindo alguém, prega outro Jesus que não temos pregado, ou se aceitais espírito diferente que não tendes recebido, ou evangelho diferente que não tendes abraçado, a esse, de boa mente, o tolerais”. (2 Coríntios 11:3,4)

O grande problema de nossos dias é exatamente este outro Jesus, este espírito diferente e este evangelho diferente que está sendo anunciado por toda parte. Qual é o evangelho genuíno? Podemos afirmar que há cinco pontos essenciais que compõem o evangelho, e todo aquele que pretende evangelizar as crianças, precisa conhecê-los muito bem.

CONTINUA.............

Nenhum comentário: