sábado, 24 de novembro de 2007

CRISTO MORREU UMA ÚNICA VEZ

Cristo morreu uma única vez

Pelos pecados, pecado se fez

Ele o Perfeito Substituto

Foi, sim, o justo pelos injustos

Para que a Deus nos pudesse levar.

Morto na carne, sim, Cristo morreu,

Mas no espírito vivificado

No qual também foi a mensagem pregar

Aos que estavam aprisionados.

Estes, aqueles que em outro tempo

Foram deveras desobedientes

Quando de Deus a longanimidade

De forma bem ampla foi demonstrada

Enquanto Noé a arca preparava.

Salvos, no entanto, foram bem poucos:

Oito pessoas se querem saber.

E os demais, pecadores, tão loucos,

Vieram assim, tristes a perecer.

Através da água veio a salvação

Que um batismo prefigurava

Não da imundícia da carne a extração

Mas da procura e da indagação

De andar com Deus com boa consciência

Por meio de Cristo e Sua ressurreição.

Ele que agora no céu exaltado

A destra de Deus magnificado,

Tem anjos, poderes e potestades,

Todos debaixo de Sua autoridade

Gilberto Celeti

Meditando em 1 Pedro 3:18-22

Nenhum comentário: