segunda-feira, 19 de novembro de 2007

A PRÁTICA DO BEM

A PRÁTICA DO BEM

Há um jeito de ser precioso

Quando o bem se pratica, zeloso.

Impossível é ser maltratado

Quem aos outros demonstra cuidado.

Mas ainda que venha a maldade

Para quem só promove a bondade,

Não precisa ficar alarmado

Saiba que és um bem-aventurado,

Por causa da justiça sofrendo

Sem temor vai seguindo e vencendo.

Cristo deve estar santificado

Como dono, na alma instalado.

Só assim haverá confiança

Pra dizer a razão da esperança

Ao que faz a pergunta, espantado

Pelo tipo de vida levado.

A resposta, porém, a ser dada

Deve ser com temor bem regada.

Mansidão no falar é ciência.

E também ter boa consciência,

Pois naquilo que às vezes difamam,

E mentiras aos outros proclamam,

Ficarão depois envergonhados

Nenhum mal foi deveras achado.

É que em Cristo o bom procedimento

Fala alto em todo o momento.

Mas, se for do Senhor a vontade,

É melhor sofrer a crueldade

Praticando o bem e o correto

Do que o mal praticar, esteja certo.

Gilberto Celeti

1 Pedro 3:13-17: “Ora, quem é que vos há de maltratar se fordes zelosos do que é bom? Mas, ainda que venhais a sofrer por causa da justiça, bem-aventurados sois. Não vos amedronteis, portanto, com as suas ameaças, nem fiqueis alarmados; antes, santificai a Cristo, como Senhor, em vosso coração, estando sempre preparados para responder a todo aquele que vos pedir razão da esperança que há em vos, fazendo-o, todavia, com mansidão e temor, com boa consciência, de modo que naquilo que falam contra vós outros, fiquem envergonhados os que difamam o vosso bom procedimento em Cristo, porque, se for da vontade de Deus, é melhor que sofrais por praticardes o que é bom do que praticando o mal”.

Nenhum comentário: