quarta-feira, 26 de dezembro de 2007

Investir na criança

Dê-nos os primeiros sete anos de uma criança com a graça de Deus, e poderemos desafiar o mundo, a carne e o inimigo a arruinar aquela alma imortal.

Estes primeiros anos enquanto o barro ainda está mole e flexível são decisivos para a forma do vaso.

Não diga que seu trabalho, vocês que ensinam os jovens, está num nível inferior ao nosso, cujo trabalho principal é com pessoas mais velhas.

Não, vocês têm os primeiros anos deles, e suas impressões tenras durarão para sempre.

Que elas possam ser boas e somente boas.

Spurgeon

Nenhum comentário: