sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008

Isaías 33.5-16

Ó Deus sublime que habitas nas alturas
Só esperamos na tua compaixão.
Só aguardamos a tua libertação
Desta hora de aflições e de agruras.

Tudo está muito vazio e desolado,
Há lamento e um choro muito amargo,
Há na terra, em toda parte, grande estrago,
Os acordos são desfeitos e quebrados.

Quem será que vai escapar do julgamento?
Só aquele que age bem corretamente,
Que diz sempre a verdade e não mente,

E que anda com o Senhor cada momento.
Seus ouvidos ele tapa para o mal.
Suas mãos recusam o ganho desleal.

Gilberto Celeti

Nenhum comentário: