quarta-feira, 13 de fevereiro de 2008

No último dia do ano, estive meditando em 1 Coríntios 3:9:
"Porque de Deus somos cooperadores" e escrevi o seguinte:


Qual o rastro que deixei,
Neste ano que findou?
Com o Senhor colaborei,
Seu amor me dominou?


Fui acaso promotor
Da glória de Deus aqui?
Eu amenizei a dor?
Rosto triste fiz sorrir?


No conflito levei paz?
Brigas pude separar?
De maneira eficaz
Pude vidas conciliar?


Pude vidas animar
E estimular a fé?
Pude ao fraco amparar
E vê-lo, firme, de pé?


Do perigo alertei
Com amor e com verdade?
A esperança divulguei
Eu agi só com bondade?


Fui fiel a todo instante?
Socorri até o inimigo?
Fiz o que era importante
Para ver crescer o amigo?


Ser de Deus cooperador
Toda hora e cada dia,
Faz a vida ter valor
Enche a alma de alegria.


Gilberto Celeti

Nenhum comentário: