domingo, 4 de maio de 2008

AS OBRAS QUE FAREI

Há tarefas que detesto
E que sempre detestei
Não me agrada realizá-las
Faço tudo para olvidá-las
Delas procrastinarei.

Mas descubro com espanto
Que aliviado ficarei
Se depressa executá-las
Se com garra terminá-las
Delas, pois me livrarei.

Tudo é só pra Sua glória
Estas obras que eu farei
Há prazer em efetuá-las
Com doçura saboreá-las
Nelas, pois me empenharei.

As obras pra serem feitas
Com coragem encararei
Deus é quem vai prepará-las
Força dá pra completá-las
Dele só dependerei.

Gilberto Celeti
Acesse o Blog e deixe o seu comentário: www.gilbertoceleti.com

2 Crônicas 24.5 – “E, vós, apressai-vos nisto”.

Nenhum comentário: