segunda-feira, 5 de maio de 2008

NÃO JULGUEIS

Que inteligência é esta
Que detecta sempre o mal,
Que está sempre criticando
E tudo observando
Com os olhos de um fiscal?

Por que falar mal dos outros
Sendo isto habitual
Sempre o próximo julgando
E a tudo condenando
Até parece um tribunal?

Quem tratou das próprias faltas
Não se põe num pedestal.
Vai a todos tolerando,
Sempre, sempre, perdoando,
Faz do amor seu ideal.

Põe de lado o julgamento,
Atitude tão carnal,
A censura controlando,
O lado bom vai enxergando,
É de bênção um canal.

Gilberto Celeti
Acesse o Blog e deixe o seu comentário: www.gilbertoceleti.com

Romanos 14.13 – “Por isso paremos de criticar uns aos outros”.

Nenhum comentário: