quinta-feira, 25 de setembro de 2008

O SENHOR É BOM REFÚGIO

Águas calmas que parecem até paradas,

De repente vão ficando agitadas.

Pode ser um vento que está soprando,

Ou uma pedra que alguém está jogando.

 

Quando crescem as ondas da ansiedade,

E os fatos provocam perplexidade;

Quando o coração se enche de amargura,

E a revolta deixa até a face dura;

 

Quando a inveja é o vento forte que assobia,

E as maldades se apresentam a cada dia;

Quando pedras de escárnio são lançadas,

E injustiças, tão somente praticadas;

 

Quando andar corretamente não compensa,

Pois o certo só provoca desavença;

Quando vai se embora toda a esperança,

E quase desaparece a confiança;

 

Sobre as águas se estende o firmamento,

Todo dia a luz do sol dá aquecimento

E refulge sobre as águas fortemente.

Seu estado, para a luz, é indiferente.

 

Benção passageira é pura vaidade,

O que importa é lá no fim, na eternidade.

Só a luz que vem de Deus aquece a alma,

E produz na vida surpreendente calma.

 

Deus é bom e é preciso proclamar:

Nada é melhor do que perto de Deus andar!

O que vale, ó Deus, é estar sempre contigo

Só o Senhor é bom refúgio, é bom amigo!

 

Gilberto Celeti

 

Salmo 73.28: “Quanto a mim, bom é estar junto a Deus; no Senhor Deus ponho o meu refúgio, para proclamar todos os seus feitos”.

Nenhum comentário: