terça-feira, 4 de novembro de 2008

EZEQUIEL 34.12

Assim como o pastor busca as ovelhas dispersas quando está cuidado do rebanho, também tomarei conta das minhas ovelhas. Eu as resgatarei de todos os lugares para onde foram dispersos num dia de nuvens e de trevas”.


As ovelhas indefesas

Correm constante perigo

E são sempre frágeis presas

Na mira do inimigo.


Para levar ao aprisco

As ovelhas tão dispersas

O pastor enfrenta riscos

E pressões bem adversas.


Profissão tão perigosa

Que exige a bravura

Mas também tão amorosa

Toda cheia de ternura.


Jesus Cristo é o Pastor

Que entregou a própria vida

Infinito é o seu amor

Pra com a ovelha perdida.


Ele não só busca e encontra

A ovelha desgarrada,

Mas protege e toma conta

Em toda a sua jornada.


Que lugar mais confortável

Debaixo de sua mão.

Que Pastor admirável,

A Ele eterna gratidão!


Gilberto Celeti

Nenhum comentário: