sábado, 29 de novembro de 2008

INVESTINDO NO FUTURO

O trabalho da evangelização de crianças exige lentes bifocais. Um olhar para o presente e também para o Futuro.

· Quais as necessidades das crianças agora? Quais as possibilidades no presente?

· Como e quem serão as crianças amanhã? O fato é que as crianças de hoje serão os pais, a força policial, os políticos, os administradores, os profissionais liberais, os professores, os pregadores do futuro.


O trabalho de evangelização de crianças é um investimento duplo. Um investimento na vida das crianças como são e um investimento naquilo que se tornarão no futuro.


Perguntaram certa vez a um menininho na favela:

- O que você vai ser quando crescer?

Ele respondeu:

- Um bandido ou um missionário!

- O que você quer dizer? Perguntou o entrevistador.

- Bem, disse o menino, tudo depende de quem me ganhar primeiro.


É correto dizer que o futuro está nas mãos das crianças assim como é correto afirmar que as crianças estão em nossas mãos.


Se o futuro está, de fato, em nossas mãos cabe uma pergunta:

- O que estamos fazendo com ele?


“A menos que tomemos conta da geração que está surgindo, o presente reavivamento da religião irá durar apenas uma geração” (John Wesley – o fundador do Metodismo).


Será que daria para pensar como Wesley? Pensar no futuro e não somente no presente?

Nenhum comentário: