sábado, 6 de dezembro de 2008

Irei propor agora mesmo um problema.

Irei propor agora mesmo um problema.

Aguardarei que ele seja resolvido.

Sei que é difícil compreender este dilema,

Que cerca o homem desde que ele é nascido.


Porque que estou onde estou? E quem eu sou?

Já se escreveram mil e uma teorias!

Quando é que eu vou pra aonde eu vou? E como

Infelizmente as respostas são vazias!


E no conjunto da explicação humana

Tudo é fortuito, imprevisto, por acaso.

Deus é apenas um adorno, filigrana,

Cabe ao homem ao seu destino, sim, dar azo.


A mais completa e perfeita solução

Não é aceita porque o homem é humilhado.

Ela é encontrada na cristã cosmovisão

Que reconhece a queda do homem e o seu pecado.


Também afirma de maneira veemente

Que foi o homem à imagem e semelhança

Do Criador que se tornou um ser vivente;

E que Deus quer fazer com o homem uma aliança.



Uma aliança em Jesus Cristo firmada

Que se tornou do pecador Substituto,

Pois no seu sangue, lá na cruz, foi retirada,

A culpa do homem de modo absoluto.


E quem em Cristo deposita a confiança

Sabe que é, onde está e pra aonde vai!

Desfruta agora da bênção da esperança

E o privilégio de ter Deus como seu Pai!


As circunstâncias sejam boas ou adversas

São enfrentadas com total tranqüilidade.

Deus nunca falha e cumpre todas as promessas,

Eterno é o seu amor e a sua bondade.


Pelo homem não pode a vida ser controlada,

E ninguém é dono do seu próprio futuro.

Quem em Jesus tem sua vida alicerçada,

Sabe o que é bom, e agradável e está seguro!


Gilberto Celeti – www.gilbertoceleti.com


“Ó Senhor Deus, eu sei que o ser humano não é dono do seu futuro: ninguém pode controlar o que acontece na sua vida” (Jeremias 10.23).

Nenhum comentário: