quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

O REPARTIR DO DESPOJO

“Ninguém pode concordar com o que vocês estão dizendo!
Tudo dever ser repartido em partes iguais;
quem ficou atrás com a bagagem dever receber
o mesmo que aquele que lutou na batalha” (1 Samuel 30.24).

Lá na frente da batalha,
Seja o herói com a medalha,
Ou na sua retaguarda,
O que a bagagem guarda,

Não se lancem com arrojo
Para repartir o despojo.
Todos serão contemplados
Com os bens já conquistados

A ninguém, se desrespeita,
A partilha será feita
Sempre em partes iguais.

Todos são recompensados.
Desde os mais simples soldados
Aos mais fortes generais,

Gilberto Celeti

Nenhum comentário: