quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

COMO AMIGO

“Vocês são meus amigos

se fazem o que eu mando”

(João 15.14).


Fui por Cristo escolhido

E não sou considerado

Apenas como empregado

Como amigo é que sou tido.


Um amigo obediente

A tudo que o Mestre manda

E que a cada dia anda

Pra agradá-lo tão somente


E é claro mandamento

Que meu relacionamento

Com todos seja de amor


Quando deste amor desfruto

Há sempre abundante fruto

Para a glória do Senhor!


Gilberto Celeti

Um comentário:

Femme disse...

"Natal. Cada rumor que sai da Terra é um Hino.
No olhar de toda criança há da alegria o brilho.
Neste dia nasceu louro o Deus-Menino,
E um astro assinalou no azul seu áureo trilho.

Olho tua infantil alegria, meu filho,
Vejo-te, qual Jesus, mísero e pequenino,
Como de um crime ré, minha alma toda humilho,
Ante o tremendo horror das trevas do Destino.

Não teve a Virgem-Mãe, quando o triste futuro
De Jesus lhe era um dia anunciado, previsto,
Esta dúvida atroz em que meu ser torturo!

E por ti mando aos céus minhas súplicas mudas:
Ah! Prefiro te ver sofredor como Cristo,
A te saber na vida um mau, um vil, um Judas!"

Autor: Gilka Machado
Este texto foi pego através do site: http://www.ziipi.com/result?pesquisa=poemas