quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

FIM DA SEQUIDÃO

“Mais uma vez Israel viverá debaixo da minha proteção; eles crescerão como o trigo, darão frutas com a parreira e serão famosos como os cedros do Líbano”. (Oséias 14.7)

Esperança, ó bendita esperança!
Terra seca que fica encharcada;
As raízes bem aprofundadas;
E o tronco para o alto avança;

Os seus galhos se estendem bonitos;
Suas flores belas e perfumadas;
Suas frutas muito apreciadas;
Acabou-se o deserto esquisito.

O Senhor é chuva pra seu povo,
Cura a infidelidade de novo,
Supre tudo e dá proteção.

Sequidão tem desaparecido,
Em Jesus, fica fortalecido,
Quem com Ele busca a comunhão.

Gilberto Celeti

Nenhum comentário: