terça-feira, 12 de maio de 2009

O DERRAMAR DO ESPÍRITO

Ruína e desolação
Tudo vazio e abandonado
Há muito choro e aflição,
O povo está desesperado.

A causa foi a negligência,
A indiferença, o comodismo;
Um senso de suficiência,
O amor próprio, o egoísmo.

Pra que este mal seja evitado
Somente se for derramado
O Santo Espírito em nós.

Os frutos vêm bem abundantes
Há alegria transbordante
A paz e o amor reinam em nós.

Gilberto Celeti

“Até que se derrame sobre nós o Espírito lá do alto” (Isaías 32.15).

Nenhum comentário: